RSS

E Bebel foi para a creche.

04 abr

9 meses de vida completos. Um doutorado pela frente. Chegou a hora de Bebel ir para a creche.

A mochila da Galinha Pintadinha fez um sucesso!

A mochila da Galinha Pintadinha fez sucesso! E combinando com as sandálias.

A tarefa é árdua. Primeiro, como escolher o lugar em que seu filho passará várias horas por dia sem você, sem o pai, avós ou qualquer outro membro da família? Na impossibilidade geográfica e logística de entregar a tarefa à creche que eu e minhas sobrinhas frequentamos, começou a busca. Visitamos nada menos que dez creches.

Para tristeza de mães e pais, a maioria era muito ruim. Ambientes descuidados e até mesmo falta de higiene. E essas características negativas não estavam necessariamente ligadas ao valor da creche. Das duas mais caras, uma foi a melhor que visitamos, e outra nem tanto…

Mas nem tudo estava perdido. Quatro creches eram boas, e duas excelentes. Dessas duas, não sentimos empatia com a equipe de uma delas, que acabou revelando não ter vagas disponíveis para o berçário. O que me leva a outro comentário: quase todas as creches lhe dizem que “só há uma vaga disponível no momento”. Coincidência, não?

Mas a creche que escolhemos conjugava tudo que queríamos, e a apenas três ruas de nossa casa. O ambiente é simples como a maioria das creches do bairro: residências antigas cedem seus amplos cômodos às salas de aula. Os quintais viram pátios de recreação. E há sempre escadas pelo caminho desses sobrados.

Primeiro filho é assim: revisamos os documentos milhões de vezes, procuramos informações na internet. Afinal, não se pode confiar apenas na simpatia de quem lhe atende. Você está procurando um lugar para cuidar do que você tem de mais precioso. Se você é como eu e gosta de fazer listas de tarefas, serão muitas para organizar, providenciar e checar. E conferir muitas vezes, até o dia da primeira “aula”.

Roupinhas compradas. Mochila pronta. Máquina a postos para registrar o momento. E um frio na barriga que ainda não passou. Na verdade, só aumentou.

Indo para a escola. 2013.

Indo para a escola. 2013.

Fomos os três para o primeiro dia. Com uma recepção calorosa, Bebel entrou no mundo escolar. Adorou as tias e os amigos. Brincou a primeira hora e meia com a minha presença, estrategicamente retirada na hora do sono pós-lanche. Fez um tour por todos os brinquedos, da piscina de bolas ao castelinho, passando pelos cavalinhos upa-upa de montar e pular. Trocou chupetas com uma das amigas. Lanchou ao lado dos amigos e dormiu tranquilamente no colo de uma das tias. Brincou mais, jantou, tomou banho e estava lá, linda e pronta para ir para casa quando o relógio mostrou que era a hora.

O segundo dia também transcorreu maravilhosamente bem. Fiquei à postos em um dos banquinhos da creche, esperando ser chamada se batesse uma saudade ou se houvesse qualquer necessidade. Nada. Joguei paciência e quase terminei um livro quando vi que já estava na hora de ir para casa. Comportamento nota dez, refeições e banho, idem. Mais um dia da adaptação digno de orgulho. E muito.

Diante disso, hoje a deixei com as tias e amigos novos e vim esperar em casa. Grudada no aparelho de telefone fixo e no celular, à espera de alguma chamada da creche. O coração está um pouco apertado, confesso. Afinal, nunca deixamos Bebel com alguém que não fosse da família. Foi estranho voltar para casa e não precisar evitar os barulhos para não atrapalhar o soninho. Ou passar a tarde sentada no chão em meio à copinhos de encaixar, livros de pano e mordedores, tentando evitar que ela caísse de cabeça no chão ou fosse atrapalhada pela Filó (a sheepdog). Realmente, uma sensação estranha.

E aqui estou eu, aproveitando essas novas horas livres para colocar a vida em dia, avançar no doutorado, revisar meu livro (acho que teremos novidades em breve), trabalhar. Mas sempre de olho no relógio, porque se passaram três horas, faltando assim menos de duas para ir buscá-la. E já estou morrendo de saudades!

Indo para a escola em 1984.

Indo para a escola. 1984.

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em 04/04/2013 em Bebel, Fotos

 

Tags: , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: