RSS

Arquivo mensal: fevereiro 2017

FBN | 20 de fevereiro 1567: morre Estácio de Sá

blogdabn

SAMSUNG CSC
Nascido em Portugal, Estácio de Sá foi um explorador português conhecido por fundar a cidade do Rio de Janeiro e por ter expulsado os franceses da Baía de Guanabara.

 
No dia 22 de novembro de 1559, Estácio de Sá foi nomeado capitão da galé “Conceição”, com o soldo mensal de 2 mil réis, mais 500 réis de mantimentos. A nomeação foi assinada por seu tio Mem de Sá, Governador Geral das Capitanias do Brasil, que a justificou com o fato de confiar “na bondade e na habilidade de Estácio de Sá, que em tudo o que o encarregar do serviço de Sua Alteza, o servirá bem, e fielmente”.

SAMSUNG CSC

 
O documento, assim como muitos outros relativos aos primeiros tempos de colonização do Brasil, foi transcrito nos volumes da Coleção Documentos Históricos da Biblioteca Nacional.
 
#EstáciodeSá#FBN#BN#DivisãodeManuscritos

Ver o post original

Anúncios
 
 

FBN | Documentos Literários – “Os Arlequins” de Machado de Assis

blogdabn

FBN | Documentos Literários – “Os Arlequins” de Machado de Assis

A Série Documentos Literários, contribuição da Divisão de Manuscritos, apresenta o poema satírico “Os Arlequins”, de Machado de Assis.

Datado de 1864, o poema foi incluído no livro “Crisálidas”, publicado no mesmo ano. Segundo o historiador e crítico literário Brito Broca, Machado de Assis, principalmente nos primeiros anos de sua carreira jornalística, foi muito atento a questões políticas, sendo “Os Arlequins” um dos poemas em que isso mais se evidencia. O alvo seria d. Pedro II, uma vez que o epíteto “régio saltimbanco”, mencionado na terceira estrofe, foi usado em campanhas republicanas – tornou-se, inclusive, o título de um panfleto do jornalista Antônio de Fontoura Xavier, publicado em 1887. No entanto, objetivamente, o poema de Machado de Assis se referia ao imperador romano Nero, de quem se conta que gostava de se apresentar publicamente tocando lira.

“Como aos…

Ver o post original 162 mais palavras

 
 

FBN | 16 de fevereiro de 1923: é aberta a tumba de Tutankhamon

blogdabn

tut1

O tesouro de Tutankhamon, considerado um dos maiores achados arqueológicos da História, foi encontrado por Howard Carter, em novembro de 1922. A abertura oficial da câmara funerária, todavia, aconteceu apenas meses depois, em 16 de fevereiro de 1923.

tutank
Em homenagem à data, a Fundação Biblioteca Nacional disponibiliza a reportagem da revista O Malho sobre a maldição dos Pharaós (http://bit.ly/2kWASvZ) e a matéria da revista Careta sobre a descoberta de novas preciosidades na tumba do antigo líder egípcio (http://bit.ly/2lnFZpi).

#FBN #Tutancâmon #Tutankamon #Tutankhamon #BibliotecaNacional #FBN

Ver o post original

 
 

FBN | 15 de Fevereiro de 1564: nasce Galileu Galilei

blogdabn

gal1

Nascido em 15 de fevereiro de 1564, Galileu Galilei foi um físico, matemático e astrônomo italiano. Entre suas famosas contribuições, estão o estudo do movimento pendular, o desenvolvimento dos fundamentos da mecânica e o aprimoramento da observação astronômica. Para muitos estudiosos, a vida e a obra de Galileu constituem elementos imprescindíveis para a compreensão da revolução científica que mudou o pensamento ocidental no período pós-Reforma.

A revista ‘Eu sei tudo’, em julho de 1918, publicou uma matéria estampando a imagem de Galileu, com o título “História da Terra e da Humanidade – A Formação e Composição da Terra”. Para ter acesso à publicação, visite: http://memoria.bn.br/docreader/164380/2034

Conheça outras edições da Revista ‘Eu sei tudo’ na Hemeroteca Digital, disponível em: bndigital.bn.br/hemeroteca-digital/

#GalileuGalilei #FBN #BN #BibliotecaNacional #EuSeiTudo

Ver o post original

 
 

FBN | Série Verão Carioca – A Inclemente Canicula

blogdabn

ver1

Em 10 de fevereiro de 1917, a Revista Careta publicou uma reportagem sobre a semana de insolações no Rio de Janeiro. Na abertura da reportagem, é dito que “O assumpto palpitante e em fóco na semana passada foi o calor asphyxiante que pesou sobre esta cidade, causticada por um sol senegalesco.”.

No decorrer da matéria, são exibidas imagens que ilustram a alegria dos “não insolados”, o socorro prestado a quem passou mal e a “guerra ao casaco”, declarada frente à alta temperatura.

ver2ver3ver4

Acesse à edição da Revista Careta em: http://memoria.bn.br/docreader/083712/17505

#Calor #VerãoCarioca #RevistaCareta #FBN #FundaçãoBibliotecaNacional #BibliotecaNacional

Ver o post original

 
 

FBN | 13 de fevereiro de 1917: é presa Mata Hari

blogdabn

mata1

Há exato um século, em 13 de fevereiro de 1917, era presa Mata Hari, aos 41 anos, acusada de espionagem pelo exército francês.  A história da bailarina holandesa, nascida Margaretha Geertruida Zelle, rapidamente se espalhou longo do século XX, permanecendo, até hoje, no imaginário popular.

mata2

A revista Fon Fon, em mais de uma edição, publicou matérias a respeito da dançarina holandesa. Em uma delas, chamada “O mysterio da vida e da morte de Mata Hari”, é afirmado que “Dentre as personagens celebrizadas pela guerra, nenhuma foi de modo tão impressionante como a formosa bailarina Mata Hari, espiã allemã que os francezes fuzilaram em uma manhã de outomno de 1917…”.

Para acessar algumas das publicações, visite: http://memoria.bn.br/DocReader/259063/28657 e http://memoria.bn.br/DocReader/259063/55629

#FBN #BibliotecaNacional #MataHari #FonFon

Ver o post original

 
 

FBN | 8 de fevereiro de 1828: nasce Julio Verne

blogdabn

jules-verne1

Nascido em 8 de fevereiro de 1828, na cidade de Nantes, França, Jules Verne  foi um célebre escritor de ficções científicas. Filho mais velho de uma família burguesa, interessou-se por literatura desde cedo, apesar de, num primeiro momento, ter-se dedicado à produção teatral, com a peça “Pailles rompues”. Entre suas obras mais conhecidas,  que constituem detalhados romances científicos e geográficos, estão “Da Terra à Lua”, “Viagem ao centro da terra”, “Vinte mil léguas submarinas” e “A volta ao mundo em 80 dias”.

Em homenagem ao nascimento de Jules Verne, a Biblioteca Nacional disponibiliza o resumo do romance “Vinte mil léguas submarinas”, publicado seriadamente na revista O Tico Tico. A primeira parte foi veiculada em 11 de julho de 1934 e pode ser acessada em: http://memoria.bn.br/DocReader/153079/36014


jules-verne2

Conheça mais sobre Julio Verne e a revista O Tico Tico explorando a Hemeroteca Digital, no endereço bndigital.bn.br/hemeroteca-digital/

#BN #BibliotecaNacional #JulioVerne #JulesVerne #VinteMilLeguasSubmarinas #HemerotecaDigital

Ver o post original

 
 
 
%d blogueiros gostam disto: