RSS

Arquivo mensal: outubro 2017

FBN | Documentos Literários: Uma Carta do Autor de “Inocência”

blogdabn

A Série Documentos Literários, contribuição da Divisão de Manuscritos, apresenta uma carta de Alfredo d´Escragnolle Taunay, mais conhecido pelo título – visconde de Taunay – ao militar e historiador José Arthur Montenegro.

Taunay (Rio, 22/01/1843 – 25/01/1899) foi engenheiro militar, professor, escritor e historiador, entre outras atividades. Lutou na Guerra do Paraguai, entre 1864 e 1870, e em seguida entrou para a carreira política, tendo sido eleito duas vezes deputado pela Província de Goiás e, mais tarde, nomeado presidente da província de Santa Catarina (junho de 1876 a janeiro de 1877). Seu nome, entretanto, é mais conhecido pelo trabalho como escritor, especialmente por duas obras: o diário de guerra “La Retraite de Laguna” — publicado em francês em 1871 e que só três anos depois ganharia uma tradução em português — e o romance “Inocência” (1872), que saiu primeiramente em folhetins no periódico “A Nação”, sob o pseudônimo de Sílvio…

Ver o post original 246 mais palavras

 
 

Editora Record – “Diário do Conde d’Eu”, organização de Rodrigo Goyena Soares

Blog do IDII

“Diário do Conde d’Eu”, organização de Rodrigo Goyena Soares

Por Rafael Sento Sé

“Foi uma luta obstinada: Pedra, que comandava a infantaria foi ligeiramente ferido por um golpe de lança que parou com o braço. Desde a manhã, as granadas passavam por cima de nossas cabeças e, amiúde, as balas de fuzil, perto de nossas orelhas. Quando granadas explodiam perto de mim, rapidamente se formava coro em meu Estado-Maior”. A viva descrição da Batalha de Campo Grande, pródiga em detalhes, integra o diário de campanha do Conde d’Eu, que comandou as tropas brasileiras no último ano da Guerra do Paraguai. Escrito em francês, língua-materna do marido da Princesa Isabel, o documento permaneceu inédito, recolhido no arquivo do Museu Imperial, por quase 120 anos. Encontrado pelo historiador e cientista político carioca Rodrigo Goyena Soares, especialista no estudo do conflito, o documento chega às mãos dos leitores em edição ilustrada e cuidadosamente…

Ver o post original 2.606 mais palavras

 
 
 
%d blogueiros gostam disto: