RSS

FBN | 12 de setembro de 1854 – criação do Instituto Benjamin Constant

blogdabn

bjmin-cstnt Instituto Benjamin Constant. Revista da Semana. 17/10/1956.

Criado por D. Pedro II em 12 de setembro de 1854, por meio do Decreto Imperial n° 1.428, o Instituto Benjamin Constant (IBC) só foi inaugurado, solenemente, no dia 17 de setembro do mesmo ano, na presença do Imperador, da Imperatriz e de todo o Ministério, com o nome inicial de Imperial Instituto dos Meninos Cegos. (Fonte: Instituto Benjamin Constant).

A Biblioteca Nacional homenageia o aniversário da instituição resgatando uma fotografia originalmente publicada na Revista da Semana, edição de 17 de outubro de 1956.

Para acessar a publicação, visite: http://memoria.bn.br/DocReader/025909_03/16208

Para conhecer mais sobre o IBC, acesse: http://www.ibc.gov.br/

‪#FBNnamidia #bibliotecanacional #fundacaobibliotecanacional

Ver o post original

Anúncios
 
 

FBN | 7 de setembro de 1873: lançamento do jornal O Sexo Feminino

blogdabn

Em Campanha, no Sul de Minas, a professora Francisca Senhorinha da Motta Diniz lança o jornal O Sexo Feminino, pioneiro na defesa da emancipação feminina: “O século XIX, século das luzes, não se fundará sem que os homens se convenção de que metade dos males que os apprimem é devida ao descuido, que elles tem tido da educação das mulheres, e ao falso supposto de pensarem que a mulher não passa de um traste de casa (…)”.

o sexo feminino O Sexo Feminino. Ano 1873Edição 00001. [Acervo Hemeroteca Digital] Para ler o jornal na íntegra, acesse: http://memoria.bn.br/DocReader/706868/1

Pesquise outras edições de “O Sexo Feminino” em nossa Hemeroteca Digital: http://bndigital.bn.gov.br/hemeroteca-digital/

#FBNnamidia #bibliotecanacional #fundacaobibliotecanacional

Ver o post original

 
 

FBN I 7 de setembro de 1822: D. Pedro proclama a Independência

blogdabn

7 de setembro Correio do Rio de Janeiro. Ano 1822Edição 00003. [Acervo Hemeroteca Digital] Embora proclamada no dia 7 de setembro de 1822, a primeira notícia na imprensa oficial sobre a independência foi publicada no dia 21 do mesmo mês em edição extraordinária do Jornal Correio do Rio de Janeiro, edição 0003.

No mesmo jornal, encontra-se o edital/decreto assinado por José Bonifácio, alertando para cautela em condutas contrárias à Independência e ao mesmo tempo, anistiando eventuais opositores.

A manchete do jornal dizia:

“Está inteiramente rasgado o véo do Misterio! Assim o pedia a honra de todos os Portuguezes do Brasill, a sua Liberdade, a sua futura grandeza, a Gloria do Seu Primeiro Cidadão do Seu primeiro Imperador , do Primeiro dos Principes, do Immortal Pedro!!!”

Leia na integra a edição extraordinária do Jornal: http://memoria.bn.br/DocReader/DocReader.aspx?bib=749370&PagFis=593

Pesquise mais sobre a Proclamação da Independência do Brasil nos periódicos disponíveis em nossa Hemeroteca Digital: http://bndigital.bn.gov.br/hemeroteca-digital/

#FBNnamidia #bibliotecanacional #fundacaobibliotecanacional #IndependenciaDoBrasil

Ver o post original

 
 

Brasiliana Fotográfica | Novos acervos: Casa de Oswaldo Cruz / Fiocruz

blogdabn

fiocruz 3 Expedição do Instituto Oswaldo Cruz ao Amazonas e Acre: Margem do rio Purus, 1913. Rio Purus, Amazonas / Acervo Casa de Oswaldo Cruz

As imagens aqui apresentadas integram o acervo histórico da Fundação Oswaldo Cruz, instituição de referência internacional na área das ciências biomédicas e cuja trajetória encontra-se intrinsecamente relacionada à formulação, planejamento e execução de políticas públicas de saúde no Brasil. Este acervo encontra-se sob a guarda da Casa de Oswaldo Cruz, unidade da Fiocruz e centro de pesquisa e documentação dedicado à memória, à história das ciências biomédicas e da saúde pública e à educação e divulgação em ciência e saúde.

fiocruz 1 J. Pinto. Curso de Aplicação do Instituto Oswaldo Cruz, 1931. Rio de Janeiro, RJ / Acervo Casa de Oswaldo Cruz

As origens da Fundação Oswaldo Cruz remetem ao Instituto Soroterápico Federal, criado em 1900, no bairro de Manguinhos, no Rio de Janeiro, com o objetivo de produzir…

Ver o post original 118 mais palavras

 
 
Galeria

FBN | 30 de agosto de 1887: José do Patrocínio publica o artigo “A libertação dos escravos”

blogdabn

libertacao dos escravos 1 Gazeta da Tarde. Ano 1887Edição 00197. [Acervo Hemeroteca Digital] Há 130 anos, José do Patrocínio, o “Tigre da Abolição”, publica na Gazeta da Tarde, do também abolicionista Ferreira de Menezes, um artigo intitulado “A libertação dos escravos”. No último parágrafo conclamava o povo a libertar os escravos: “Levantam-se todos e praticamente proclamem a liberdade que Nosso Senhor Jesus Cristo nos ensinou, deu exemplo e nos outorgou morrendo por todos na cruz.” Como o jornal foi vendido, nos meses seguintes, seus artigos passariam a ser publicados na Cidade do Rio, jornal comprado pelo próprio José do Patrocínio com a ajuda do sogro.

Para ler a matéria completa, acesse: http://memoria.bn.br/docreader/226688/7609

#FBNnamidia #bibliotecanacional #fundacaobibliotecanacional

Ver o post original

 
 

FBN | 30 de agosto de 1821: nasce Anita Garibaldi

blogdabn

SAMSUNG CSC Anna Garibaldi. Galeria dos Catharinenses Illustres – Reprodução. Acervo FBN.

Nascida em Morrinhos, no dia 30 de agosto de 1821, Ana Maria de Jesus Ribeiro, mais conhecida como Anita Garibaldi, teve participação ativa na Farroupilha, que aconteceu no Rio Grande do Sul entre 1835 e 1845. Participando da primeira batalha naval do Império contra os farrapos, continuou a lutar mesmo após ter sido atingida por uma bala, enquanto dois homens ao seu lado caíam mortos. Anita Garibaldi é lembrada, ainda, pela caridade com que tratava os feridos, pela autoridade com que liderava suas tropas e por sua coragem, sempre se expondo às balas inimigas.

Para conhecer mais sobre a vida e a época de Anita Garibaldi, assim como o contexto da Farroupilha, consulte o nosso acervo: http://www.bn.br/explore/acervos

#FBNnamidia #bibliotecanacional #fundacaobibliotecanacional #Anita Garibaldi

Ver o post original

 
 

FBN | Série Periódicos Brasileiros – Gazeta do Rio de Janeiro

blogdabn

gazeta Gazeta do Rio de Janeiro (RJ). Ano 1817Edição 00069. [Acervo Hemeroteca Digital] Lançada a 10 de setembro de 1808, no Rio de Janeiro (RJ), a Gazeta do Rio de Janeiro foi o órgão oficial do governo português durante a permanência de Dom João VI no Brasil. Tendo circulado às quartas-feiras e aos sábados, ou seja, como bi-hebdomadário, foi editada primeiro pelo frei Tibúrcio José da Rocha e, depois, redigida pelo primeiro jornalista profissional do Brasil, Manuel Ferreira de Araújo Guimarães. Precursora do Diário Oficial da União, foi o segundo jornal da história da imprensa brasileira, sendo, no entanto, o primeiro a ser redigido e publicado totalmente no Brasil, pela Impressão Régia, com máquinas trazidas da Inglaterra – o primeiro periódico nacional, o Correio Braziliense, editado por Hipólito José da Costa em postura contrária à Coroa, foi lançado cerca de três meses antes, totalmente editado em Londres. Até a década de…

Ver o post original 87 mais palavras

 
 
 
%d blogueiros gostam disto: